Skip to main content

Ilha de Santiago

Quando decidi que Cabo Verde seria o destino das férias, não me quis ficar apenas por uma ilha. Além da ilha do Sal, achei que era uma mais valia visitar Santiago, a maior e a ilha mais africana de todas onde está a capital administrativa do arquipélago.

Nos seus 75km por 35km, Santiago esconde uma paisagem mais verde, com montanhas escarpadas e vales verdejantes com fragmentos de história que nos transportam aos anos do colonialismo.

Aterrámos cedo no Aeroporto Nelson Mandela, aí já nos esperava o transfer para a cidade da Praia, a capital da ilha, para o Hotel Oasis Praiamar. A estrada que hoje faz a ligação da cidade ao aeroporto já foi, em tempos, a própria pista do aeroporto, hoje em dia aumentado.

Read More

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Ilha do Sal

Sal, lugar de opostos, as areias douradas e as águas cristalinas opõem-se às paisagens áridas e à terra infértil, os hotéis à beira mar cheios de turistas opõem-se à vida difícil de pescador e às barracas de Terra Boa. Ainda que reinem neste lugar a paz e a tranquilidade, a vida do povo está longe de ser fácil.

Num lugar como a ilha do Sal, uma ilha pequena, com poucas atracções turísticas é difícil fugir à vida de lontra de comer, dormir e preguiçar. Ainda assim, pode-se contornar um pouco esse tipo de férias e sair à descoberta os lugares, das gentes, da comida e da morabeza cabo-verdiana.

A morabeza está para os cabo-verdianos como a saudade está para os portugueses, não se explica, sente-se. A morabeza está na filosofia de vida dos cabo-verdianos, muito própria das pessoas descontraídas, amáveis, disponíveis e alegres.

Read More

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Cabo Verde: Sal e Santiago

Nunca antes tinha pisado continente Africano, foi uma estreia.

A viagem foi marcada de repente, ainda assim não quis deixar de conhecer 2 das 10 ilhas do arquipélago de Cabo Verde.
Ainda que a viagem tenha tido lugar já em Setembro passado não poderia deixar de registar as paisagens e os momentos mais marcantes da minha passagem pelo Sal e por Santiago.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail